Check-ups: cuidar bem de você é o primeiro passo para uma vida feliz

Check-ups-cuidar-bem-de-você-é-o-primeiro-passo-para-uma-vida-feliz-1200x798.jpg

Cuidar da saúde e do bem-estar é fundamental para se ter uma vida mais tranquila e feliz. Mas, com a correria do dia a dia, é comum as pessoas esquecerem-se disso e deixarem de realizar seus check-ups regularmente, o que ajuda a identificar e a prevenir uma série de problemas de saúde.

Por meio de exames preventivos, é possível detectarmos problemas recorrentes entre os brasileiros, como colesterol alto, obesidade, hipertensão arterial e diabetes. Quando descobertos em fase inicial, esses e outros problemas de saúde podem ser tratados de forma efetiva, permitindo que as pessoas reconquistem a sua qualidade de vida.

Além disso, a manutenção de hábitos não saudáveis, tais como: alimentação desequilibrada, sedentarismo, tabagismo e consumo excessivo de álcool, prejudicam a saúde a curto e longo prazo,

A seguir, vamos mostrar quais são os problemas de saúde mais comuns e que podem ser evitados se você seguir hábitos saudáveis e se programar para realizar check-ups regulares. Não perca!

Conheça os problemas de saúde que podem ser identificados por meio de check-ups

Como mencionado no início, há problemas de saúde que são comuns entre os brasileiros, mas que poderiam ser evitados ou mesmo tratados em fase inicial se as pessoas realizassem check-ups regulares.

Problemas como colesterol alto, diabetes tipo 2, hipertensão arterial e doença coronariana, geralmente não apresentam sintomas no período inicial, por isso, o diagnóstico precoce é fundamental para que a pessoa não sofra com futuras complicações. Por meio de exames e avaliações é possível detectar esses problemas e iniciar-se o tratamento indicado pelo médico especialista.

Aliás, a realização de exames periódicos é fundamental para diagnosticar diversos problemas de saúde, como distúrbios de tireoide, problemas renais, alterações na próstata, anemia e HIV/AIDS.

Veja outros exames preventivos que são importantes para manter a saúde em dia:

  • Citologia vaginal (mulheres)
  • Mamografia (mulheres)
  • Teste Ergométrico
  • Exame da pele
  • Ecocardiograma

Dicas para ter uma vida mais feliz e saudável

Vimos  que manter a rotina de check-ups em dia é muito importante para prevenir problemas de saúde que, com o tempo, podem se tornar severos. Mas, além da realização de exames preventivos, a adoção de hábitos saudáveis também é essencial para se conquistar uma vida mais feliz e plena, como abordaremos a seguir.

Alimentação saudável

Por mais que a rotina seja agitada, é importante se programar para manter uma alimentação equilibrada, com vitaminas, minerais e proteínas, evitando alimentos com alto teor calórico, produtos industrializados e fast-foods. Preparar marmitas saudáveis ou criar um cardápio para a semana são formas de seguir uma alimentação balanceada mesmo com toda a correria do dia a dia.

Tornar isso um hábito é um passo importante para ter uma vida mais feliz, pois quem segue uma dieta equilibrada tem mais disposição para realizar as atividades diárias, controlar o peso e ainda eleva a autoestima.

Prática de exercícios físicos regulares

Além dos exames preventivos e da alimentação saudável, há outro hábito muito importante para ter mais qualidade de vida: a prática de exercícios físicos. Encontrar uma atividade que lhe dê prazer é o primeiro passo para começar a usufruir dos benefícios desse hábito.

Ir para a academia, praticar um esporte, fazer caminhada, correr, entrar em um grupo de dança… não importa qual seja o exercício realizado, o importante é colocar o corpo em movimento ao menos três vezes por semana. Esse hábito melhora o condicionamento físico, aprimora habilidades motoras, ajuda a equilibrar o colesterol e a glicose, previne problemas cardiovasculares e combate a obesidade.

A saúde é o bem mais precioso do ser humano e também é responsabilidade de cada pessoa, que deve cuidar do corpo e da mente para ter qualidade de vida e poder aproveitar os momentos especiais ao lado dos seus familiares e amigos, podendo realizar-se profissionalmente.

Se você quer começar a cuidar bem de você, conheça os programas de check-up de saúde oferecidos pelo Vita. Clique aqui e acesse!


exercicio-fisico.jpg

A prática de exercícios é muito importante para manter uma rotina mais saudável, sendo esse um fator essencial para a prevenção de uma série de problemas de saúde. Além disso, muitas pessoas procuram uma atividade física com o intuito de perder peso ou mesmo definir o corpo.

Independentemente de qual seja o motivo da inclusão desse hábito saudável em sua vida, é fundamental destacar que exames e atividades físicas devem andar juntos. Fazer um check-up antes de iniciar exercícios regulares é essencial para saber as condições de saúde e evitar problemas futuros.

Se você já está projetando mudar os seus hábitos de vida, recomendamos que você continue acompanhando esse artigo e veja como unir exames e atividades físicas, garantindo a sua segurança e bem-estar. Não perca!

Por que os exames são importantes antes da realização de atividades físicas?

Quando a pessoa decide iniciar a prática de exercícios físicos é comum ela ser movida pela ansiedade de ter uma vida mais saudável ou ver seu corpo se transformar na academia. Porém, é preciso ter cautela, pois somente com a realização de um check-up é possível atestar se a pessoa está apta ou não para começar a atividade física escolhida.

Por meio de exames indicados por profissionais da área da saúde é possível prevenir riscos ligados ao sistema cardiovascular e também lesões do aparelho locomotor. Além disso, uma avaliação nutricional também é importante para que os exercícios físicos sejam realizados de forma adequada.

Check-up e exercícios: prática é necessária para todas as faixas etárias?

Quando falamos sobre exames e atividades físicas é comum surgir a relação dessa dupla com pessoas acima dos 30 anos de idade, que precisam realizar check-ups preventivos com maior frequência.

No entanto, crianças e jovens que vão iniciar uma atividade física, como natação, futebol, corrida ou dança, também devem realizar os exames clínicos preventivos. Cada ser humano tem suas características e necessidades próprias, por isso, conhecê-las antes de começar a se exercitar é importante para que os benefícios oferecidos por esse hábito possam ser desfrutados, como prevenção de problemas de saúde, controle do peso e da ansiedade e elevação da autoestima.

Quais exames devem ser feitos?

Vimos que check-up e exercícios são pontos importantes para quem pretende iniciar uma atividade física. É interessante que o futuro atleta procure uma clínica idônea e especializada para realizar uma bateria completa de exames, que inclui:

Avaliação laboratorial: cerca de 15 exames, incluindo sangue, fezes e urina.

Avaliação cardiológica: que inclui o eletrocardiograma de repouso e a prova de esforço computadorizada em treze canais com prescrição de guia padrão de exercícios.

Orientação nutricional: avaliação de composição corporal com informações sobre o índice de massa corpórea (IMC) e os percentuais de gordura e de massa magra (total e por segmento corporal), além do metabolismo corporal.

Avaliação postural: análise com fisioterapeutas que aconselham as pessoas para que evitem os problemas oriundos da falta de ergonomia em seu dia-a-dia e adotem técnicas que possam melhorar sua condição física, evitando traumas secundários ao exercício.

Avaliação clínica: exame realizado por especialistas, após uma cuidadosa revisão dos dados informados no questionário preenchido pelo paciente.

Avaliação respiratória: análise dos parâmetros da função respiratória, realizado por meio de  espirometria computadorizada.

Avaliação radiológica: radiografia do tórax em duas incidências (PA e perfil);

O que os exames podem revelar?

Após realizar os exames indicados acima, o médico especialista apresentará para o paciente os limites que ele deve respeitar ao realizar suas atividades físicas de acordo com o seu atual quadro de saúde.

Por exemplo, pessoas hipertensas devem evitar realizar exercícios anaeróbicos de intensidade alta, como musculação. Se, por exemplo, houver um diagnóstico de osteoporose, a pessoa deverá evitar atividades físicas que aumentem o risco de queda, exijam movimentos bruscos ou que requeiram movimento de torção forte, pois ela possui ossos enfraquecidos e propensos a fratura.

Com a bateria de exames pré-exercício, o futuro praticante terá a chance de saber como anda a sua saúde geral e se o seu corpo está em condições de ser submetido à sobrecarga do esforço físico. Além disso, essa é uma forma eficaz de conhecer as atividades físicas mais indicadas para o seu perfil, pois os profissionais capacitados costumam apresentar sugestões de exercícios que ajudam a prevenir ou controlar problemas de saúde e melhorar a performance física da pessoa.

Mostramos que o check-up é essencial para determinar se a pessoa está apta ou não para realizar as atividades físicas com saúde e segurança. Mas é importante escolher uma clínica que ofereça programas de exames voltados especialmente para quem quer ter uma vida mais saudável, como o VITA Check-up Center, que disponibiliza para os seus clientes o Programa de Check-up Fitness. Clique aqui e conheça todos os detalhes dessa preparação para a maratona do bem-estar!


blood-pressure-3524615_1280dsfdsf-1200x762.jpg

Seja qual for a sua idade, você certamente já deve ter ouvido falar sobre a importância de realizar um check-up médico periódico. Esse monitoramento da sua saúde ajuda a garantir mais qualidade de vida e bem-estar.

Se você tem dúvidas sobre o processo – o que o check-up envolve, quem deve fazer e onde é o lugar certo para isso – esse artigo foi feito para você. Siga na leitura e descubra como garantir seu bem-estar por muito mais tempo.

Entenda a importância do check-up médico

Toda visita de rotina ao médico é de extrema importância para manter sua saúde. Essas avaliações ajudam a observar o status de sua saúde e hábitos de vida atuais e a prevenir problemas futuros.

O check-up de saúde complementa o acompanhamento realizado pelo seu médico nas consultas, incluindo exames laboratoriais e outras avaliações.

A QUEM SE DESTINA

Muitas pessoas acreditam que esta é uma preocupação apenas para os que cruzaram a linhas dos 40 anos. Mas o estilo de vida atual de grande parte da população – hábitos alimentares de baixa qualidade, ausência de exercícios físicos, correria e altos índices de estresse – faz com que essa rotina de check-up seja indicada já a partir da adolescência.

Isso ajuda na detecção de riscos, aumentando a longevidade e o bem-estar de cada um. Além disso, é uma ótima maneira de melhorar as relações médico-paciente, ajudando o profissional a entender melhor o histórico das pessoas que estão sob seus cuidados.

QUANDO FAZER

Costuma-se definir a necessidade de um check-up de acordo com o estado de saúde do paciente, seu histórico médico e herança genética, entre outros fatores. A indicação geral é do mesmo ser realizado anualmente, porém, havendo mudanças no estado de saúde da pessoa, surgimento de novos sinais e/ou sintomas, ele deve ser antecipado.

Especialistas acreditam que o ideal sempre é de uma abordagem completa. Mas, nos casos que envolvem indivíduos saudáveis e sem histórico crítico, os médicos podem sugerir uma avaliação mais seletiva.

O QUE É FEITO

Check-ups regulares costumam contemplar os seguintes exames:

  • Hemograma completo;
  • Exames de Fezes e Urina;
  • Colesterol e frações;
  • Glicemia, insulina, hemoglobina glicada;
  • Dosagem de Hormônios da Tireóide;
  • HIV / Hepatite B;
  • Avaliação de composição corporal e cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC);
  • Avaliação ultrassonográfica do abdome, da tireoide e da próstata em homens e, nas mulheres, também da mama e da pelve;
  • Ecocardiograma colorido;
  • Doppler de carótidas;
  • Eletrocardiograma e teste ergométrico;
  • Radiografia do tórax;

Existem ainda exames específicos de acordo com o perfil e sexo do paciente:

  • Mulheres: Colposcopia e Citologia vaginal, Mamografia, dosagem de hormônios sexuais femininos;
  • Homens: Avaliação urológica (incluindo o toque retal) e dosagem de PSA.

Benefícios do check-up periódico

Além de proteger sua saúde e bem-estar, fazer um check-up regularmente também evita questões como:

Custos inesperados

O check-up regular de saúde mitiga o risco de disfunções que podem se tornar mais severas ou urgentes de forma inesperada, exigindo intervenções e procedimentos que podem levar a gastos médicos significativos, além da interrupção da atividade profissional.

Descontrole do quadro médico

Os exames são realizados com base na idade, no sexo, na história e nas escolhas de estilo de vida de cada paciente. Assim é possível identificar problemas logo no início, tornando mais fácil revertê-los.

Questões relacionadas ao estresse

Rotinas atribuladas, jornadas longas de trabalho e hábitos pouco saudáveis podem desencadear uma variedade de quadros clínicos desencadeados pelo estresse.

Um check-up regular ajuda a diagnosticar e cuidar melhor desses quadros, além de proporcionar o aconselhamento e apoio necessários para melhor gerenciar as consequências de um estilo de vida estressante.

Onde fazer um check-up médico eficiente

O primeiro passo é encontrar clínicas especializadas em check-up completo, com um corpo médico amplamente capacitado e um atendimento baseado em total empatia e acolhimento ao paciente.

Observando essas características, o VITA Check-up Center é uma das melhores opções no Rio de Janeiro – e a única da região a possuir a certificação ISO 9001:2015, de gestão da qualidade.

Além dos programas de check-up voltados para o setor corporativo e para os mais diversos perfis de clientes, o VITA ainda oferece avaliação de estresse emocional, avaliação postural, status de imunização e acompanhamento posterior. Dentre os diversos serviços adicionais oferecidos estão a vacinação de adultos e crianças e testes genéticos, como o de nutrigenômica, contribuindo para um modelo de dieta absolutamente  individualizado.

Exames preventivos são essenciais para uma vida saudável e feliz – desde que sejam realizados por quem entende do assunto, como o VITA Check-up Center.

Se você quer saber mais sobre o tema ou agendar seu check-up, clique e deixe sua mensagem para nosso time de especialistas.


pexels-photo-716411.jpeg

A relação entre saúde e estresse é sempre uma preocupação – especialmente entre os executivos.

Viagens constantes, grandes tomadas de decisão, agenda cheia de compromissos e o pouco tempo disponível para manter uma rotina de exercícios podem minar a energia de muitos profissionais, abrindo espaço para efeitos negativos relacionados a este estilo de vida.

Mas existem formas de contornar esses problemas e garantir mais qualidade de vida e melhor saúde, mantendo o estresse em níveis controlados – leia o artigo a seguir para saber mais.

Saúde e estresse – Entenda essa relação

Estima-se que o Brasil seja o segundo país do mundo com o maior nível de estresse. Na população brasileira, os executivos compõem uma boa parcela deste total por estarem sujeitos a experimentar os mais diferentes níveis de estresse. Desde aquele mais positivo – como obter uma promoção ou fechar um grande negócio – ao negativo, ligado aos desafios contínuos, sem alívio ou descanso entre eles.

Como resultado, o profissional fica sobrecarregado e a tensão relacionada ao estresse vai se desenvolvendo no organismo.

Esse aspecto negativo, uma espécie de angústia e/ou nervosismo, pode levar a sintomas físicos, como dores de cabeça, dores de estômago, pressão arterial elevada, dor no peito e dificuldades para dormir. Pesquisas demonstram ainda que o estresse cobra um preço alto do indivíduo, da organização e até da sociedade.

Como saúde e estresse afetam a produtividade no trabalho

Com todos os problemas e pressões que os executivos enfrentam durante sua jornada de trabalho, não é nenhuma surpresa que toda essa situação impacte a sua produtividade.

Quando surgem os primeiros sinais de que saúde e estresse estão em desacordo, a grande tendência é deixar isso em stand-by – sempre há uma reunião ou outro compromisso que parece mais importante.

O problema é que esse quadro pode se agravar se não receber a atenção devida sendo indicado, por vezes, um acompanhamento psicológico a ser realizado por um grupo de profissionais especializados. A tendência é que os profissionais afetados pelo estresse se tornem menos produtivos, muito irritados, insones e ansiosos, desenvolvendo quadros clínicos que podem incapacitá-los para enfrentar até mesmo as tarefas mais básicas de suas rotinas diárias.

Para os profissionais que precisam tomar grandes decisões, sua ausência por razões de saúde podem impactar muito o dia a dia de uma empresa. Além disso, o trabalho acumulado, por conta de seu período afastado do trabalho, pode agravar o seu próprio quadro, gerando crises de ansiedade.

Embora as empresas estejam buscando se humanizar cada vez mais, a produtividade de seus colaboradores segue sendo uma premissa importante. Quando um executivo ignora os sinais de alerta, põe em risco a sua carreira e até a sua posição dentro da empresa.

Coloca em risco, ainda, o relacionamento familiar e social. Para dar conta das tarefas profissionais, é comum reduzir tempo com a família, lazer e descanso, ampliando ainda mais as dificuldades. Isso sem contar que o cansaço excessivo faz com que o tempo livre, que deveria ser dedicado também à família, seja mal aproveitado ou, em casos extremos, seja utilizado apenas para repouso do profissional, sem que haja interação com os entes queridos.

Dicas para manter saúde e estresse em equilíbrio

Não desanime com o quadro que pintamos no tópico anterior – o objetivo aqui é prepará-lo para enfrentar estes desafios da melhor maneira, garantindo seu bem-estar completo.

Por isso listamos a seguir algumas estratégias que podem contribuir para a redução dos níveis de estresse e ansiedade:

Identifique as fontes de estresse

Monitore seu estado de espírito ao longo de sua jornada de trabalho. Sempre que sentir o estresse se instalando, anote a causa, seus pensamentos e seu humor.

Depois de identificar quais são os gatilhos, prepare estratégias para contornar cada caso. Isso pode englobar desde a busca por expectativas mais realistas, exercícios de respiração e meditação ou até a solicitação de mais recursos para lidar com a sobrecarga de trabalho.

Desenvolva bons relacionamentos no ambiente de trabalho

Relacionamentos podem ser uma causa de desequilíbrio entre saúde e estresse. Mas também podem servir como amortecedores de pressão.

Encontre colegas com quem tenha afinidade e compartilhe algumas questões relacionadas aos seus gatilhos de estresse. Como vocês interagem no mesmo ambiente e possivelmente com as mesmas pessoas e situações, é possível obter boas sugestões sobre como lidar com certos problemas e tornar a rotina mais leve.

Mantenha a rotina de check-ups médicos em dia

Executivos que se sentem sobrecarregados devem buscar o suporte de profissionais da saúde – para cuidar tanto do aspecto físico quanto do psicológico.

Esses especialistas podem ajudá-lo a identificar situações ou comportamentos que contribuem para o estresse crônico e contribuir para desenvolver um plano de ação para alterá-los. Também podem fazer o diagnóstico precoce de questões que, se forem negligenciadas, podem se transformar em problemas sérios.

Como executivos possuem uma agenda atribulada, escolher a clínica de check-up certa é essencial. No VITA Check-up Center, por exemplo, é possível realizar mais de 30 exames e avaliações no mesmo dia e local, otimizando esse processo de uma forma ágil e eficaz.

Para garantir sua saúde e manter seu estresse sob controle, fazer um check-up específico para executivos pode ser fundamental – clique e saiba mais.


Copyright 2018 VitaCheckup Center. Todos os Direitos Reservados.