Saúde e estresse: como manter o bem-estar dos executivos

pexels-photo-716411.jpeg

A relação entre saúde e estresse é sempre uma preocupação – especialmente entre os executivos.

Viagens constantes, grandes tomadas de decisão, agenda cheia de compromissos e o pouco tempo disponível para manter uma rotina de exercícios podem minar a energia de muitos profissionais, abrindo espaço para efeitos negativos relacionados a este estilo de vida.

Mas existem formas de contornar esses problemas e garantir mais qualidade de vida e melhor saúde, mantendo o estresse em níveis controlados – leia o artigo a seguir para saber mais.

Saúde e estresse – Entenda essa relação

Estima-se que o Brasil seja o segundo país do mundo com o maior nível de estresse. Na população brasileira, os executivos compõem uma boa parcela deste total por estarem sujeitos a experimentar os mais diferentes níveis de estresse. Desde aquele mais positivo – como obter uma promoção ou fechar um grande negócio – ao negativo, ligado aos desafios contínuos, sem alívio ou descanso entre eles.

Como resultado, o profissional fica sobrecarregado e a tensão relacionada ao estresse vai se desenvolvendo no organismo.

Esse aspecto negativo, uma espécie de angústia e/ou nervosismo, pode levar a sintomas físicos, como dores de cabeça, dores de estômago, pressão arterial elevada, dor no peito e dificuldades para dormir. Pesquisas demonstram ainda que o estresse cobra um preço alto do indivíduo, da organização e até da sociedade.

Como saúde e estresse afetam a produtividade no trabalho

Com todos os problemas e pressões que os executivos enfrentam durante sua jornada de trabalho, não é nenhuma surpresa que toda essa situação impacte a sua produtividade.

Quando surgem os primeiros sinais de que saúde e estresse estão em desacordo, a grande tendência é deixar isso em stand-by – sempre há uma reunião ou outro compromisso que parece mais importante.

O problema é que esse quadro pode se agravar se não receber a atenção devida sendo indicado, por vezes, um acompanhamento psicológico a ser realizado por um grupo de profissionais especializados. A tendência é que os profissionais afetados pelo estresse se tornem menos produtivos, muito irritados, insones e ansiosos, desenvolvendo quadros clínicos que podem incapacitá-los para enfrentar até mesmo as tarefas mais básicas de suas rotinas diárias.

Para os profissionais que precisam tomar grandes decisões, sua ausência por razões de saúde podem impactar muito o dia a dia de uma empresa. Além disso, o trabalho acumulado, por conta de seu período afastado do trabalho, pode agravar o seu próprio quadro, gerando crises de ansiedade.

Embora as empresas estejam buscando se humanizar cada vez mais, a produtividade de seus colaboradores segue sendo uma premissa importante. Quando um executivo ignora os sinais de alerta, põe em risco a sua carreira e até a sua posição dentro da empresa.

Coloca em risco, ainda, o relacionamento familiar e social. Para dar conta das tarefas profissionais, é comum reduzir tempo com a família, lazer e descanso, ampliando ainda mais as dificuldades. Isso sem contar que o cansaço excessivo faz com que o tempo livre, que deveria ser dedicado também à família, seja mal aproveitado ou, em casos extremos, seja utilizado apenas para repouso do profissional, sem que haja interação com os entes queridos.

Dicas para manter saúde e estresse em equilíbrio

Não desanime com o quadro que pintamos no tópico anterior – o objetivo aqui é prepará-lo para enfrentar estes desafios da melhor maneira, garantindo seu bem-estar completo.

Por isso listamos a seguir algumas estratégias que podem contribuir para a redução dos níveis de estresse e ansiedade:

Identifique as fontes de estresse

Monitore seu estado de espírito ao longo de sua jornada de trabalho. Sempre que sentir o estresse se instalando, anote a causa, seus pensamentos e seu humor.

Depois de identificar quais são os gatilhos, prepare estratégias para contornar cada caso. Isso pode englobar desde a busca por expectativas mais realistas, exercícios de respiração e meditação ou até a solicitação de mais recursos para lidar com a sobrecarga de trabalho.

Desenvolva bons relacionamentos no ambiente de trabalho

Relacionamentos podem ser uma causa de desequilíbrio entre saúde e estresse. Mas também podem servir como amortecedores de pressão.

Encontre colegas com quem tenha afinidade e compartilhe algumas questões relacionadas aos seus gatilhos de estresse. Como vocês interagem no mesmo ambiente e possivelmente com as mesmas pessoas e situações, é possível obter boas sugestões sobre como lidar com certos problemas e tornar a rotina mais leve.

Mantenha a rotina de check-ups médicos em dia

Executivos que se sentem sobrecarregados devem buscar o suporte de profissionais da saúde – para cuidar tanto do aspecto físico quanto do psicológico.

Esses especialistas podem ajudá-lo a identificar situações ou comportamentos que contribuem para o estresse crônico e contribuir para desenvolver um plano de ação para alterá-los. Também podem fazer o diagnóstico precoce de questões que, se forem negligenciadas, podem se transformar em problemas sérios.

Como executivos possuem uma agenda atribulada, escolher a clínica de check-up certa é essencial. No VITA Check-up Center, por exemplo, é possível realizar mais de 30 exames e avaliações no mesmo dia e local, otimizando esse processo de uma forma ágil e eficaz.

Para garantir sua saúde e manter seu estresse sob controle, fazer um check-up específico para executivos pode ser fundamental – clique e saiba mais.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Copyright 2018 VitaCheckup Center. Todos os Direitos Reservados.