Saiba o que os testes genéticos podem fazer por sua saúde

15419821697079492.jpg

Imagine se o seu check-up médico pudesse identificar não só a presença de eventuais enfermidades, mas também a possibilidade de surgimento de problemas no futuro?

Acredite, isso já é realidade. Cada vez mais comuns, os testes genéticos oferecem aos pacientes a chance de conhecer um pouco mais sobre seu risco de desenvolver algumas enfermidades e, a partir daí, tomar medidas para modificá-los.

Mas afinal, como funcionam esses exames? Que doenças eles são capazes de identificar? Qualquer pessoa pode se submeter a testes genéticos? Saiba mais sobre esse assunto!

O que são testes genéticos?

Testes genéticos são exames realizados geralmente a partir de amostras de sangue ou saliva que têm por objetivo identificar mutações em determinados genes que aumentam as chances do desenvolvimento de algumas doenças.

Os testes genéticos podem ser realizados com objetivo diagnóstico, ou seja, para confirmarem ou não uma suspeita clínica. Nesse caso, ainda que seja identificada uma enfermidade grave, eles são importantes na medida em que possibilitam a prevenção ou combate dos sintomas, melhorando a qualidade de vida do portador da doença, ou para alertar sobre as chances de desenvolvimento do problema em outros membros da família.

Outra possibilidade é que os testes genéticos tenham função preditiva. Nesse caso, eles indicam não a presença ou mesmo a certeza de uma doença futura, mas a possibilidade de que ela venha a se manifestar, o que dá ao paciente a chance de prevenir-se antes de que o problema se instale ou mesmo de tratá-lo precocemente.

Um exemplo de teste genético preditivo já disponível no Brasil é aquele que identifica alterações nos genes BRCA1 e BRCA2, que estão associados a tumores malignos na mama e no ovário.

Além disso, também é possível estimar as chances de surgimento de outras 2 mil doenças genéticas, incluindo tipos raros de Alzheimer.

O teste genético pode ser realizado por qualquer pessoa?

Embora o teste genético seja um aliado importante na prevenção e combate de doenças hereditárias, é importante que ele seja utilizado com critério.

Há um consenso entre sociedades médicas e científicas internacionais, por exemplo, de que crianças não devem ser testadas para enfermidades genéticas que só se manifestam na vida adulta, garantindo assim que elas possam decidir no futuro se desejam ou não tomar conhecimento dos seus riscos e perfil genético.

Em geral, o exame é recomendado por especialistas para pessoas com histórico familiar de doenças que se enquadrem nessas condições. Caso o teste seja positivo, o ideal é que parentes próximos, como mãe ou irmã, também realizem o exame, garantindo uma análise mais assertiva.

É importante salientar que um resultado positivo nesse tipo de teste não significa que o paciente necessariamente desenvolverá a doença, mas que há um indício de maior predisposição futura.

Por isso, o médico pode recomendar, por exemplo, a realização de exames preventivos em um espaço de tempo menor do que o usual ou, em casos específicos, de cirurgias profiláticas, como a que se submeteu a atriz Angelina Jolie ao descobrir via teste genético que possuía 87% de chance de desenvolver câncer de mama.

Que cuidados devo tomar ao realizar um teste genético?

Tenha em mente que a realização do teste genético é uma questão que deve ser previamente discutida com um médico de sua confiança, para que ele possa fazer uma adequada avaliação do seu histórico clínico e familiar.

Feito isso, é fundamental escolher uma clínica especializada, com infraestrutura completa e profissionais altamente capacitados na coleta e análise desse tipo de material.

É importante lembrar que testes genéticos são exames complexos e sua realização e avaliação devem ser conduzidas por especialistas, evitando análises e interpretações equivocadas que podem gerar procedimentos e estresses desnecessários ou mesmo uma sensação de falso conforto.

Como você pode ver, os testes genéticos são excelentes aliados na identificação de fatores de risco para o surgimento de algumas doenças. Realizar esse tipo de exame possibilita que você conheça melhor as possibilidades de desenvolver algumas enfermidades no futuro e, a partir daí, tome medidas para identificá-las mais rapidamente ou mesmo preveni-las.

Além deles, diversos outros exames podem ser incluídos no seu check-up médico para garantir a prevenção e diagnóstico precoce de diversas doenças. Se você quiser saber mais sobre eles e conhecer as possibilidades que o Vita Check-Up tem a oferecer, converse agora mesmo com um de nossos especialistas e descubra tudo o que você pode fazer para proteger o seu bem mais precioso!


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Copyright 2018 VitaCheckup Center. Todos os Direitos Reservados.