Importância do acompanhamento médico na adolescência

Vita-5.jpg

Vacinas, rotina de pesagem e outras rotinas médicas são bastante comuns no dia a dia dos pais de bebês e crianças pequenas. Já quando o assunto é acompanhamento médico na adolescência, as coisas tendem a ser um pouco diferentes.

Existem inúmeros motivos para isso: nessa época o número de vacinas obrigatórias é bem menor, eles tendem a ter sua própria rotina e demandam menos cuidados com a sua fase de crescimento.

Mas isso não significa que os check-ups, decisivos para a saúde, e consultas médicas devem ser deixados de lado nessa fase: o acompanhamento médico na adolescência é essencial para garantir mais saúde e bem-estar – e você vai entender o porquê com a ajuda da leitura a seguir.

Do pediatra ao acompanhamento médico na adolescência

Por volta dos 14 anos – às vezes mais cedo, às vezes mais tarde – a maioria das crianças já começa a se sentir deslocada no consultório do pediatra.

Por ser uma fase repleta de transições físicas e hormonais, muitos adolescentes podem se sentir mais à vontade ao conversar com um médico individualmente, em vez de ter um dos pais junto na sala de exames.

O ideal é que tanto os pais quanto o profissional perguntem ao paciente se ele quer ou não a presença dos pais e se estão confortáveis com isso.

Uma dica é procurar um hebiatra, profissional especializado em acompanhamento médico na adolescência. Questões como as mudanças físicas e emocionais – muito comuns nesse momento do desenvolvimento, maturação sexual, puberdade e outros pontos podem ser trabalhados com mais facilidade, fazendo com que o adolescente tenha mais espaço para discutir as questões mais comuns a essa faixa etária.

Check-up da saúde física

Além de todas essas questões, é preciso manter uma rotina para verificar a saúde física do adolescente. Neste momento, o profissional de saúde analisará o histórico médico do paciente e avaliará sua saúde atual avaliando:

  • Altura;
  • Peso;
  • Condições oculares;
  • Coração;
  • Pulmões;
  • Braços, mãos, pernas e pés;
  • Reflexos;
  • Qualidade do sono;
  • Pressão sanguínea;
  • Saúde da coluna / escoliose.

Uma parte importante do acompanhamento médico na adolescência envolve uma abordagem mais específica com relação ao gênero por parte do especialista.

No caso das meninas, pode haver a indicação para um exame ginecológico e de mamas (especialmente para aquelas que estão prestes a entrar ou que começaram a ter ciclos menstruais recentemente).

Já os meninos podem receber a indicação para exames relacionados a hérnias, desenvolvimento dos órgãos sexuais, entre outros.

Além disso, é preciso informar e preparar os adolescentes para o possível início da vida sexual. Para isso o especialista pode dar maiores informações sobre proteção conta doenças sexualmente transmissíveis (DST) e métodos contraceptivos eficazes.

Saúde emocional na adolescência

Adolescentes estão entre os grupos que mais merecem atenção especializada quando se trata de suas emoções.

A depressão na adolescência é uma questão que merece atenção máxima. De acordo com a ONU – Organização das Nações Unidas, o suicídio só perde para a violência como uma das principais causas de morte de jovens entre 15 e 29 anos.

A transformação da criança para o adulto é tanto mental quanto física – o que pode sobrecarregar qualquer um. Some isso ao bullying e outras questões, como as alterações no corpo e humor, e o resultado pode ser bastante delicado.

É claro que os adolescentes nem sempre estão dispostos a falar sobre seus sentimentos com os pais – mas podem estar dispostos a conversar com um médico com quem se sintam à vontade (e a garantia da confidencialidade do médico-paciente também ajuda).

Além de verificar a saúde física, o acompanhamento na adolescência deve incluir alguns temas de desenvolvimento para avaliar a saúde emocional. Alguns desses tópicos incluem:

  • Puberdade;
  • Desenvolvimento sexual;
  • Uso de substâncias como álcool, drogas, tabagismo;
  • Nutrição;
  • Gerenciamento de estresse (na escola e no trabalho);
  • Autoestima / imagem corporal;
  • Relações com amigos, parceiros e familiares.

Acompanhamento médico na adolescência exige participação ativa do paciente

Poucos anos separam a adolescência da vida adulta – e o tempo está passando cada vez mais rápido.

Então esta pode ser uma grande oportunidade de ajudar os adolescentes a assumirem mais responsabilidade pela administração de suas próprias vidas. E a assistência médica deles é parte disso.

Isso ajuda os adolescentes a aprenderem sobre planejamento antecipadamente, fazendo escolhas e sendo responsáveis ​​por si mesmos. São exatamente algumas das habilidades que eles mais precisarão na idade adulta.

Então estimule a participação deles durante o acompanhamento médico na adolescência: deixe que eles marquem as consultas, de acordo com suas próprias agendas ou que tenham voz ativa em seus tratamentos.

Seja um bom exemplo!

Embora possa ser necessário um esforço extra e um pouco de paciência de sua parte no início, envolva os adolescentes na tomada de decisões sobre cuidados de saúde podem torna-los mais independentes ao administrar seus próprios cuidados de saúde.

Isso pode ficar ainda mais fácil quando você faz o mesmo por sua saúde. Por isso mantenha sua rotina de check-ups em dia, visite os especialistas regularmente e mantenha bons hábitos – assim você garante seu bem-estar e ainda inspira aqueles ao seu redor.

Com o VITA Check-up você pode garantir um acompanhamento médico na adolescência para seus filhos: clique e saiba mais.


1542651209077377-1.jpeg

Os cuidados com nosso bem-estar passam, necessariamente por exames preventivos regulares onde, entre outras providências, o paciente fornece materiais – como sangue e urina – para verificação do seu estado de saúde. Essas amostras são enviadas para um laboratório de análises clínicas e um resultado incorreto pode ocasionar sérias consequências.

Se a pessoa tiver algum problema que não for detectado, não fará o tratamento adequado. Em contrapartida, se o paciente for diagnosticado com algo que não tem, poderá fazer uso de medicamentos desnecessários – sem contar outros inconvenientes como o fator psicológico, preocupação da família, etc.

Pela importância dessa etapa de investigação da saúde do paciente, é preciso cuidado na escolha do laboratório de análises clínicas. Ao selecionar o laboratório ideal, vale a pena conferir alguns itens, entre eles:

1. Qualidade e reputação

Uma busca na internet revelará se o laboratório é bem avaliado pelos clientes e, até mesmo, se houve casos de erros de diagnósticos. Outra forma de saber a qualidade dos serviços é conversando com pacientes para saber o que acharam dos serviços prestados.

Confira também se a empresa possui os certificados conferidos pelas associações de classe a que pertence e se eles estão dentro do prazo de validade.

2. Organização e limpeza

Avalie sempre os procedimentos de higiene adotado pelo local: se os profissionais usam luva e outros materiais descartáveis; se as paredes, espaços e uniformes estão limpos.

Também verifique se a identificação do material coletado foi feita de modo correto e na frente do paciente,

3. Atendimento

Um bom atendimento começa na recepção, passando pelos responsáveis pela coleta e, até mesmo, na forma de entregar os resultados. Cortesia, profissionalismo são itens obrigatórios, assim como pontualidade na entrega do resultado.

Importância da parceria entre a clínica de check-up e o laboratório de análises clínicas

Não é segredo para ninguém que uma vida saudável e longeva, que ofereça qualidade e bem-estar, requer cuidados como uma alimentação balanceada, atividade física regular e a realização de check-ups periódicos – onde é possível detectar eventuais desequilíbrios, tratando-os antes que ocasionem problemas na rotina diária e comprometam a qualidade de vida.

Nesse contexto, é essencial buscar uma clínica especializada em check-up – com médicos capacitados e atendimento de qualidade -, que conte com a parceria de um centro de diagnóstico de ponta.

É o caso de VITA Check-up Center,  no Rio de Janeiro. Todos os exames de análise clínica de seus clientes são realizados  pelo Grupo Hermes Pardini, um dos maiores laboratórios do Brasil, considerado referência nacional em medicina diagnóstica e preventiva.

Através do uso de equipamentos e softwares de alta tecnologia, o laboratório oferece total confiabilidade nos resultados e, ainda, agilidade na entrega mesmo no caso de exames de alta complexidade. Outros dois grandes benefícios é o rastreamento de exames e a possibilidade dos médicos interagirem com a equipe técnica para discutirem os laudos em tempo real.

Exames preventivos são essenciais para uma vida saudável, mas precisam ser realizados por uma clínica especializada, como Vita Check-up, e contar com a parceria de um laboratório de análises clínicas experiente e moderno, características identificadas no Grupo Hermes Pardini.

Se você quer saber mais sobre cuidados essenciais para seu bem-estar ou agendar seu check-up, fale com nosso time de especialistas.

 


Copyright 2018 VitaCheckup Center. Todos os Direitos Reservados.