4 razões para tirar férias e garantir maior qualidade de vida

15437638515357265.jpg

Você pertence àquele grupo de profissionais que precisa ser intimado pelo RH para marcar as férias e mesmo assim não consegue desligar-se completamente da rotina no escritório?

Mais do que um direito de qualquer trabalhador, tirar férias é  fundamental para garantir seu bem-estar físico e mental e melhorar sua qualidade de vida no trabalho.

Passar um período longe do escritório é tão benéfico que pode até mesmo ajudá-lo a alcançar aquela promoção tão desejada. Duvida? Então descubra o que alguns estudos científicos conduzidos por instituições de prestígio no exterior dizem sobre essas temporadas de descanso.

4 motivos para tirar férias e aumentar sua qualidade de vida no trabalho

1. Ajuda a reduzir o estresse

Anda estressado, se irritando facilmente com os colegas e cometendo erros em atividades que sempre lhe pareceram simples com cada vez mais frequência?

A falta de descanso pode ser a raiz do problema. Segundo uma pesquisa realizada na Holanda com mais de 1.500 pessoas, tirar férias ajuda a reduzir o estresse e garantir um retorno ao trabalho mais tranquilo e produtivo.

De acordo com o estudo, aqueles que tiraram férias aumentaram o seu índice de felicidade, melhoraram a produtividade em até 25%, diminuíram a quantidade de equívocos nas atividades rotineiras e o número de desentendimentos com colegas de trabalho.

2. Previne doenças cardiovasculares

Segundo um estudo realizado ao longo de 40 anos na Finlândia e apresentado em um congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, tirar férias longas também ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares e, consequentemente, aumenta a longevidade.

Para a realização do estudo, os pesquisadores dividiram mais de 1.200 executivos de meia idade com ao menos um fator de risco para doenças cardiovasculares em dois grupos.

Os membros do segundo grupo eram aconselhados de tempos em tempos a seguirem uma dieta saudável, praticar atividades físicas, perder peso e parar de fumar. Se estes conselhos não faziam efeito, o grupo recebia a recomendação de usar medicamentos para diminuir a pressão e o colesterol.

Após diversos anos de análise, os pesquisadores concluíram que os participantes desse grupo que tiraram menos de 3 semanas de descanso anuais tinham 37% a mais de chances de morrer do que aqueles que tiraram períodos de férias de mais de 3 semanas.

Em outras palavras, ainda que você adote hábitos saudáveis, com cardápio equilibrado e prática de exercícios constantes, é essencial abrir espaço na sua agenda para um período de lazer e descanso se a ideia é manter-se saudável e viver por mais tempo.

3. Aumenta a produtividade

Você fica hesitante na hora de marcar as férias porque acredita que estar sempre ativo é o caminho mais curto para aquela tão sonhada promoção?

Acredite, é hora de rever esses conceitos e buscar mais qualidade de vida no trabalho. De acordo com um estudo realizado pela iniciativa norte-americana Project: Day Off, 27% dos entrevistados que aproveitaram as fé rias integralmente foram promovidos, uma vez que o período de descanso ajudou a garantir mais saúde física e mental e aumentou sua produtividade.

Na verdade, considerar-se uma espécie de “mártir do trabalho”, que jamais tira férias e está sempre disponível, pode acabar prejudicando seu progresso profissional.

A mesma pesquisa relata que 79% dos entrevistados que desejam ser vistos pelo seu superior como um profissional incansável, que não necessita tirar férias ou cuidar da saúde, receberam aumentos salariais, contra 84% daqueles que não tem esse perfil, mas foram promovidos da mesma maneira.

Logo, se a ideia é ter mais chances de alcançar uma promoção, não abra mão desses períodos de pausa na rotina. Além de aumentar sua produtividade, a medida evita desgastes físicos e emocionais que podem acabar dificultando o seu desenvolvimento profissional.

4. Melhora a qualidade do sono

Além de todos esses benefícios, tirar férias ajuda você a se manter bem longe das noites mal dormidas, que diminuem sua qualidade de vida no trabalho e afetam sua capacidade de realização.

De acordo com o estudo Holiday Health Experiment, conduzido por um dos maiores institutos de saúde do Reino Unido, o Nuffield Health, desligar-se totalmente das atividades rotineiras por alguns dias e fazer uma viagem é o suficiente para melhorar expressivamente a sua qualidade de sono.

O bem-estar físico e mental provocado por esses dias de descanso tende a se prolongar por alguns meses, melhorando a produtividade e a qualidade de vida no trabalho. Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores dividiram voluntários em dois grupos: o primeiro utilizou o período de férias para viajar, enquanto o segundo permaneceu trabalhando na sua cidade de origem.

Segundo a pesquisa, o grupo que se desligou da rotina apresentou uma melhora na qualidade do sono de 17%, enquanto os que ficaram na cidade pioraram no mesmo quesito em 14%. Em outras palavras, se  você quer manter o foco e a concentração no trabalho por muito mais tempo, comece a planejar sua próxima viagem!

Como você pode ver, tirar férias é fundamental para quem busca mais qualidade de vida no trabalho. Além disso, visitar uma clínica de check-up anualmente também é essencial para garantir seu bem-estar e deixá-lo pronto para enfrentar com saúde e disposição a volta ao trabalho!

Gostou de saber mais sobre a importância das férias na qualidade de vida no trabalho? Se você quer manter a saúde em dia e evitar afastamentos provocados por enfermidades que poderiam ser evitadas ou diagnosticadas precocemente, conheça os check-ups corporativos da Vita Check-Up e descubra o que eles podem fazer pelo seu bem-estar!


15402185154370391.jpg

Muitas pessoas acreditam que uma pessoa com obesidade não poderia estar fisicamente em forma – mesmo que ela tenha bons hábitos e mantenha uma rotina regular de check-up.

Mas estudos estão mostrando o contrário dessa teoria tão popular: a obesidade por si só não significa um aumento na taxa de mortalidade.

De fato, pessoas com quilinhos a mais na balança podem ser mais saudáveis que pessoas magras – descubra como isso é possível na leitura a seguir.

Quais são os riscos da obesidade?

De acordo com o Ministério da Saúde, a cada cinco brasileiros, uma está acima do peso – em dez anos, a incidência da obesidade pulou de 11,8% para 18,9%.

Mas um estudo, publicado no Journal of American Medical Association, não encontrou aumento do risco de morte para pessoas com sobrepeso (aquelas com IMC de 25-29,9), sugerindo que pessoas com poucos quilos extras, mas que possuem bons hábitos, podem ser relativamente saudáveis.

Mas nada de repetir a sobremesa hoje – para isso, é importante que a pessoa com sobrepeso esteja com os outros fatores em ordem:

  • Circunferência da cintura;
  • Atividade física regular;
  • Dieta saudável;
  • Não fumar e manter consumo moderado de álcool;
  • Ausência de problemas médicos significativos ou histórico familiar de doenças crônicas;
  • Check-up sempre em dia.

Estar acima do peso pode aumentar o risco de problemas de saúde, especialmente para portadores do diabetes tipo 2, doenças cardíacas e pressão alta.

Por isso vale reforçar que embora o excesso de peso ainda seja considerado uma condição saudável, é preciso monitorar com uma rotina regular de check-up e manter um estilo de vida saudável, incluindo atividade física regular e um plano alimentar nutritivo.

Dicas para quem está acima do peso e quer permanecer saudável

Como você pode ver, é possível ter sobrepeso e ser saudável – desde que você tome alguns cuidados:

Mantenha bons hábitos alimentares

Evite pular refeições, consuma pelo menos três xícaras de legumes e duas frutas diferentes por dia e consuma grãos e oleaginosas para garantir sua dose de fibras e antioxidantes.

Aposte também em alimentos mais frescos, menos processados e com conservantes – levar a sua própria  comida para o trabalho, viagem ou sala de aula faz com que você se alimente melhor e ainda ajuda a economizar.

A hidratação também é importante: beba pelo menos duas garrafas de água por dia, em vez de suco ou refrigerantes.

Exercite-se regularmente

Os benefícios das atividades físicas vão muito além da queima de calorias. Ser fisicamente ativo ajuda a prevenir doenças cardíacas, diabetes tipo 2, depressão, algumas formas de câncer e osteoporose.

Também pode melhorar o seu humor, melhorar a autoestima, reduzir a ansiedade e ajudar a gerenciar o estresse. E melhorar seu nível de condicionamento físico normalmente resulta em aumento de massa muscular, o que significa que seu corpo queima mais calorias o tempo todo.

Não fume

Fumar é altamente prejudicial à saúde: os fumantes são mais propensos a sofrer de infecções respiratórias e várias queixas menores, como tosse e resfriado.

O tabagismo ainda é fator de risco para o câncer e doenças cardíacas, cardiovasculares e pulmonares. Também pode causar problemas respiratórios e impactar negativamente rins, fígado e pâncreas.

Faça check-up regularmente

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um dado alarmante: em 2022 teremos mais crianças com excesso do que abaixo do peso em todo o planeta.

Por isso, é preciso fazer um acompanhamento para prevenir problemas mais drásticos desde a adolescência, com um check-up específico para essa faixa etária.

Também é fundamental contar com um médico de confiança e o apoio de um nutricionista e de psicólogo, para garantir também seu bem-estar mental.

Cada pessoa é única

As pessoas existem em todas as formas e tamanhos. Todo mundo queima calorias em taxas e velocidades diferentes, o que afeta o controle de peso.

Acrescente ainda a genética e fica mais fácil entender porque é praticamente impossível criar uma fórmula única para perda de peso que funcione para todos.

Fica então o lembrete sobre a importância da alimentação saudável e do exercício regular, que são fundamentais para garantir uma vida com mais saúde, independentemente da perda de peso.

Perder um pouco de peso pode aumentar sua saúde sem necessariamente mover seu IMC para o alcance “normal”: eliminar algo em torno de 5% a 10% do peso corporal pode proporcionar melhorias nos índices de colesterol, açúcar no sangue e de pressão arterial.

Além disso, fazer check-up com regularidade ajuda a monitorar suas condições e prevenir qualquer problema logo nos primeiros estágios, aumentando as chances de cura e de uma vida mais longa e feliz.

Conheça a equipe Vita Check-up Center e descubra como ela pode ajudar a cuidar cada vez mais e melhor de sua saúde.


15378094838365288.jpeg

Com certeza você já ouviu falar em qualidade de vida. Geralmente, a expressão surge em um contexto de busca por mais tranquilidade e tempo para cuidar de si e daqueles de que você mais gosta. Mas afinal, você sabe dizer exatamente o que ela significa?

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), qualidade de vida é “a percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações”.

Ainda de acordo com a OMS, o conceito varia bastante de acordo com a cultura em que a pessoa está inserida — em palavras simples, o que é qualidade de vida para um executivo do Rio de Janeiro provavelmente não faz nenhum sentido para um pescador nas Filipinas ou para um monge no Nepal.

A despeito de toda essa diversidade, alguns aspectos são comuns a todos os indivíduos, como o bem-estar físico e psicológico, a capacidade de agir de maneira autônoma e de participar de atividades de recreação e lazer.

E o que é possível fazer, de maneira prática, para alcançar mais qualidade de vida? Algumas medidas simples podem ajudar você a alcançar esse estado de bem-estar. Acompanhe nossas dicas!

3 maneiras de melhorar sua qualidade de vida

1. Invista na criação de um bom ambiente profissional

Embora seja um ambiente influenciado pelo comportamento de pessoas de várias origens, estilos e personalidades, sua atitude individual no trabalho pode exercer um forte impacto na qualidade de vida de todo o grupo.

Muitas vezes, uma pequena mudança de postura mantém você longe do estresse e garante uma melhora na produtividade e no relacionamento com os colegas. Veja o que pode ser feito para garantir mais qualidade de vida no trabalho:

  • Mantenha-se longe das fofocas. Não se envolva e nem divulgue rumores sobre a vida profissional ou pessoal de colegas ou subordinados e, quando eles surgirem, busque outro tema de conversação. Lembre-se sempre de que o próximo alvo pode ser você;

  • Procure focar no seu trabalho e evite comparar sua trajetória na empresa com a de outros colegas;

  • Saber trabalhar em equipe é uma habilidade valorizada em qualquer empresa. Se puder auxiliar um colega, não hesite em fazê-lo e busque aprender com eles sempre que possível;

  • Organize suas tarefas e estabeleça prioridades. Assim, se algo não puder ser entregue a tempo, você poderá avaliar com antecedência e pedir ajuda. Isso evita estresse desnecessário com o acúmulo de tarefas e prazos não cumpridos.

  • Mantenha um bom relacionamento interpessoal com colegas, subordinados e superiores. Cordialidade e a simpatia tornam o ambiente mais leve e produtivo e passam a mensagem de que você é um profissional equilibrado e pronto para assumir novos desafios.

2. Cuide da sua saúde mental

Gozar de boa saúde não se limita a estar bem fisicamente. Tão importante quanto estar atento aos sinais do nosso organismo sobre algo não ir bem é cuidar de nossa saúde mental.

Reservar tempo para estar com a família e os amigos, dedicar-se às atividades de lazer, ter uma vida amorosa satisfatória e não ser excessivamente exigente consigo mesmo são medidas que ajudam a tornar o dia a dia mais leve.

De acordo com a OMS, o Brasil é o país da América Latina com maior prevalência de quadros de depressão e o segundo das Américas, ficando atrás somente dos Estados Unidos.

O problema compromete as relações pessoais e afeta significativamente o desempenho profissional. Além da depressão, doenças como o estresse crônico, a ansiedade e a síndrome de Burnout também podem causar danos graves ao seu bem-estar e diminuir sua qualidade de vida.

Por isso, caso perceba alterações de comportamento importantes, como sono persistente ou insônia, tristeza incessante, desânimo ou irritabilidade excessivos ou apetite alterado, por exemplo, não hesite em buscar ajuda profissional para evitar que o problema se agrave.

3. Faça exames preventivos regularmente

Qualidade de vida e saúde são conceitos indissociáveis. Não há como pensar em uma vida mais prazerosa se a sua saúde não está em perfeito estado, não é mesmo? Para garantir que isso aconteça, a prevenção é sempre o melhor caminho.

Por mais atribulado que seja o seu dia a dia, é importante abrir espaço para a realização de exames preventivos, que diagnosticam eventuais doenças precocemente e ampliam as chances de sucesso do tratamento.

Além disso, um check-up bem feito é capaz de identificar fatores de risco para o desenvolvimento de doenças e modificá-los, evitando problemas de saúde antes mesmo do seu surgimento.

Opte sempre por empresas especializadas em check-ups, que tenham foco na promoção da saúde e realizam diversos exames e avaliações no mesmo lugar. Assim, você cuida do seu bem-estar e otimiza seu tempo!

Como você pode ver, embora o conceito seja bastante amplo, melhorar a qualidade de vida está ao alcance de todos! Aliar os cuidados com o corpo e mente a um ambiente profissional mais saudável são algumas das medidas que você pode tomar para garantir mais bem-estar e uma rotina menos estressante!

Se você deseja fazer um check-up completo, com comodidade e conveniência, entre em contato com o Vita Check-Up Center! Será um prazer ajudar você a cuidar da sua saúde!

 


Copyright 2018 VitaCheckup Center. Todos os Direitos Reservados.